30/11/2016

KPMG propõe parceria com entidades contábeis do Paraná
Empresa presente em 152 países, com forte atuação na área de auditoria,
propõe parceria em programas de capacitação


Empresa presente em 152 países, com forte atuação na área de auditoria, a KPMG propôs uma parceria com as entidades contábeis do Paraná para “transferir conhecimento profissional”, participando em grupos de trabalho e programas de treinamentos, aproximando mais os auditores da classe contábil.

A proposta foi debatida, na última quarta-feira, 23, no CRCPR, em reunião da qual participaram, pela KPMG, Juarez Domingos Carneiro, Rogério Vieira Andrade, João Alberto Dias Panceri e Charles Kick; e pelas entidades: Marcos Rigoni, Laudelino Jochem, Elizangela de Paula Kuhn, Dermival Oliveira Alves, Lucelia Lecheta (CRCPR), Nilva Amália Pasetto (Academia de Ciências Contábeis), João Linardi (Fecopar), Hugo Catossi (Sicontiba), João Elói Olenike (IBPT), Gilson Strechar, Sileide Alves de Oliveira (Sescap-PR) e Denise Maria de Oliveira (Instituto Paranaense da Mulher Contabilista-IPMCont) e o ex-presidente do CRCPR Antônio Carlos Dóro, entre outros.

“A iniciativa é bem-vinda”, avalia o presidente do CRCPR, Marcos Rigoni. Segundo ele, a necessidade de eventos de atualização e treinamento dos profissionais da contabilidade cresceu muito nos últimos anos, merecendo especial atenção as demandas de segmentos específicos da classe, como é o caso dos auditores. Pensando nessa linha, o CRCPR instituiu este ano várias comissões de trabalho, entre elas a de auditores, com a missão de identificar suas demandas e promover eventos de interesse dos profissionais.

A KPMG possui pessoal altamente capacitado que pode perfeitamente colaborar nas atividades de desenvolvimento profissional e educação continuada voltadas aos contabilistas, disseram os representantes da empresa. Colocando a empresa à disposição, Juarez Domingos Carneiro, ex-presidente do CFC e do CRC-SC, atual presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade, demonstrou preocupação com a qualidade do ensino, sublinhando que alguma coisa precisa ser feita para melhorar o nível dos profissionais. Charles Kick informou que já tem inclusive uma palestra pronta denominada “O Futuro da Profissão de Auditoria com a Tecnologia”. A KPMG possui inclusive um network para incentivar maior presença de mulheres na área de auditoria, pois muitas ingressam na atividade, mas terminam desistindo, informaram.

Reforçando que o treinamento se tornou prioridade para a classe contábil, a vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCPR, Elizangela de Paula Kuhn, afirmou que “o CRCPR tem construído um amplo leque de ferramentas para disseminar conhecimento”. Ela pediu apoio da KPMG para avaliar os eventos das capacitadoras que ministram cursos para o Programa de Educação Profissional Continuada, oferecidos pelo CRCPR, e ainda para organizar o Fórum do Auditor, que será realizado, na 17ª Convenção dos Contabilistas do Paraná, em maio de 2017, em Foz do Iguaçu.

“O Sescap-PR já realiza alguns eventos de atualização, mas percebemos que existe uma grande procura por capacitação na área de auditoria”, disse Gilson Strechar, aprovando a aproximação com a KPMG, a exemplo também do presidente do Sindicato dos Contabilistas de Curitiba Hugo Catossi, da presidente da Academia de Ciências Contábeis do Paraná Nilva Amália Pasetto, do diretor da Fecopar João Linardi, do presidente do IBPT João Elói Olenike e da presidente do IPMCont Denise Maria de Oliveira.


Fonte: CRCPR


FEDERAÇÃO DOS CONTABILISTAS DO PARANÁ
Tel: (41) 3324.8384 | E-mail: secretaria@fecopar.com.br
Rua Benjamin Constant, 146 - 6º andar - Sala 61 - Centro - Curitiba - PR - CEP: 80.060-020