Plano estratégico de gestão da nova
diretoria do Sincontábil é dividido em prioridades,
necessidades e urgências



Para enfrentar as adversidades a nova diretoria (2020/22) do Sindicato dos Contabilistas de Maringá e Região (Sincontábil) planejou e dividiu suas ações em prioridades, necessidades e urgências conforme relata em entrevista o novo presidente do Sincontábil, José C. Cardoso Goes Silva:



Quais são seus planos ou projetos para o sindicato?


JOSÉ CARLOS CARDOSO GOES SILVA - Ao assumirmos a presidência do SINCONTÁBIL para essa gestão que agora se inicia, encontramos várias dificuldades e em cima disso fizemos nosso planejamento, elaborando um plano de trabalho e classificamos em:

1- Prioridades;
2- Necessidades;
3- Urgências.


As primeiras decisões em prioridades, tivemos que dar o pontapé inicial no item de sanear a parte financeira deficitária pela qual atravessa nossa entidade, onde detectamos a necessidade de angariar novos associados, em trazer de volta os associados que tinham se afastado e obter novas fontes de receitas, uma delas a divulgação da prestação de serviços na certificação digital.

 

Outra decisão tomada com relutância, mas necessária, a diminuição de nosso espaço físico e com isso diminuir as despesas com alugueis e de manutenção de nossa sede administrativa.

 

Outra medida inevitável era em resolver a situação do Escritório da JUCEPAR que é administrada pelo SINCONTÁBIL, onde apuramos que estamos com déficit para manter a agência e então resolvemos rescindir o contrato de parceria que perdurava com aquela autarquia desde 1.994, mas esta situação ainda não está totalmente resolvida, quer seja em virtude dos valores do passivo trabalhista, tais como: pagamento da multa fundiária e das verbas rescisórias dos colaboradores que é de obrigação da autarquia/JUCEPAR, uma vez que compete ao SINCONTABIL apenas o adiantamento dos pagamentos e então, só no mês seguinte ser reembolsado, mas com limitações de valores para reembolso mensal.

 

Quanto as necessidades, vimos que seria de vital importância a divulgação do SINCONTÁBIL na cidade de Maringá e também na Região que faz parte da base territorial, pois no decorrer dos anos perdemos essa visibilidade e consequentemente um numero expressivo de associados e essa divulgação seria com ações concretas: cursos, palestras, eventos e da participação nos interesses de assuntos de nossa classe.

Deixamos de participar em importantes decisões do poder legislativo e executivo de nossa cidade, na qual sempre fomos convidados e sempre participativos e fieis defensores em assuntos de interesse da classe contábil.

 

Fizemos visitas a todas aos órgãos, tais como: RECEITA ESTADUAL, RECEITA FEDERAL, CORPO DE BOMBEIROS, PREFEITURA MUNICIPAL E CAMARA MUNICIPAL, dentre outros órgãos e ainda junto as Entidades de Ensino Superiores que oferecem os cursos de CIENCIAS CONTÁBEIS. (CONFIRA FOTOS ABAIXO)

 

No âmbito das urgências, detectamos que paramos no tempo com relação a cursos, palestras e treinamentos anteriormente oferecidos e para retomar de imediato essa necessidade, firmamos parceria com o SESCAP/PR, onde todos os cursos/palestras oferecidos por ambas as entidades serão em parceria, com os mesmos valores a serem pagos de participação para os associados das duas entidades.

 

 

 

De que forma a Fecopar pode contribuir com o sindicato? Tem alguma sugestão de melhoria?

JOSÉ CARLOS CARDOSO GOES SILVA - Entendemos que não existe FEDERAÇÃO forte se os sindicatos regionais não estiverem no mesmo patamar e a forma de contribuição da federação é no auxilio aos sindicatos, o que de certa forma já tem sido feito, entretanto com o advento da contribuição sindical compulsória, os sindicatos tem que repensar a forma de manutenção, mas a curto prazo nossa federação será importante para essa reestruturação e que não leve os mesmos a extinção.

 

Temos notado empenho da FECOPAR nesse sentido e que esse assunto seja amplamente e exaustivamente debatido e reuniões mais assíduas e uma forma de encontrarmos soluções, pois acreditamos que não seja apenas o SINCONTÁBIL que passa por essa dificuldade, que acreditamos ser momentânea.

 



Visita de diretores do Sincontábil ao prefeito Ulisses Maia e
ao secretario da fazenda de maringa Orlando Chiquetto
 


Visita ao delegado da receita federal

 


Visita ao delegado da receita estadual


A cerimônia de posse do Sincontábil, acontece no dia 15/2 e vai contar com a presença do presidente da FECOPAR, entre outras autoridades locais além de presidentes de sindicatos de contabilistas do estado do Paraná.

 


« voltar home